TJ-SP promove evento para condecorar empresas que promovem a “desjudicialização” de demandas.

Por Esdras Paiva

No dia 9 de novembro, o Tribunal de Justiça de São Paulo realizou, por meio de conferência remota, a Cerimônia de Certificação das Empresas Amigas da Justiça, visando reconhecer oficialmente as empresas e organizações que fazem parte de seu programa de conciliação e mediação há mais de cinco anos.


Compareceram ao evento representantes de empresas e escritórios de advocacia, além de figuras importantes do Tribunal, como o Desembargador José Carlos Ferreira Alves, o Coordenador do Nupemec (Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos) e o Desembargador Luis Francisco Aguilar Cortes, Diretor da Escola Paulista de Magistratura.


Segundo o Desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, presidente do Tribunal, o Programa Empresa Amiga da Justiça tem como objetivo incentivar a utilização dos métodos autocompositivos de solução de conflitos para fomentar a pacificação social, principalmente nos conflitos entre consumidores e fornecedores, auxiliando na diminuição da quantidade de demandas judicializadas todos os dias.


Ficou com dúvidas ou gostaria de maiores informações sobre o tema? Entre em contato conosco para que possamos melhor orientar.


3 visualizações0 comentário