STF fixa tese sobre índice de correção de débitos trabalhistas

Por Laís Gattai André


O Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou a inconstitucionalidade da Taxa Referencial para correção monetária de débitos trabalhistas.


Até deliberação do Poder Legislativo, devem ser aplicados o IPCA-E na fase pré-judicial, e, a partir do ajuizamento da ação, deverá ser utilizada a taxa SELIC.


Vale destacar também que, os parâmetros fixados no julgamento aplicam-se aos processos, ainda que transitados em julgado, em que a sentença não tenha consignado manifestação expressa quanto aos índices de correção monetária e taxa de juros (omissão expressa ou simples consideração de seguir os critérios legais).


https://www.tst.jus.br/web/guest/-/stf-reafirma-inconstitucionalidade-da-tr-para-corre%C3%A7%C3%A3o-monet%C3%A1ria-de-d%C3%A9bitos-trabalhistas


Ficou com dúvidas ou gostaria de maiores informações sobre o tema? Entre em contato conosco para que possamos melhor orientar.


17 visualizações0 comentário