Após ataque hacker, Superior Tribunal de Justiça determina a suspensão de prazos processuais

Por Rafaela Gomes Alves


Na última quarta-feira (4), por meio da Resolução STJ/GP N. 25, o Presidente do Superior Tribunal de Justiça determinou a suspensão de todas as atividades judicantes da Corte até segunda-feira (9).

A medida foi necessária após um ataque hacker sofrido pela rede de tecnologia e informação do STJ, no dia 3 de novembro. O ataque ocorreu durante a tarde, enquanto aconteciam sessões de julgamento nas seis turmas.

Após o ataque de grande importância, a área de Tecnologia da Informação (TI) do órgão recomendou que os funcionários, bem como os ministros, não utilizassem os computadores, ainda que pessoais, que estivessem conectados com algum dos sistemas informatizados da Corte até a regularização da situação.

Além de ver o seu funcionamento interrompido, o Tribunal acionou a Polícia Federal para investigar o ataque.


Ficou com dúvidas ou gostaria de maiores informações sobre o tema? Entre em contato conosco para que possamos melhor orientar.


10 visualizações

©️ ️ Copyright 2020 – Vezzi, Lapolla Mesquita Advogados.

  • White Instagram Icon
  • LinkedIn - Círculo Branco